Cáseos amigdalianos: bolinhas fedidas na garganta

11 de Maio de 2017

Cáseos amigdalianos: bolinhas fedidas na garganta

Quando pergunto aos meus pacientes se eles têm ou já tiveram cáseos amigdalianos (ou caseum) e eles ficam em dúvida, normalmente nunca tiveram. Isso porque a experiência de expelir os cáseos amigdalianos e apertá-los entre os dedos costuma ser inesquecível, devido ao mau odor que exalam.

Mas afinal, o que são essas bolinhas fedidas brancas ou amareladas que saem da garganta? Os cáseos amigdalianos nada mais são que uma placa bacteriana que se forma dentro das criptas amigdalianas, pequenas cavidades que se formaram nas amígdalas devido a infecções recorrentes. Essas bolinhas fedidas amarelas que saem da garganta são mais comuns de ocorrerem a partir da adolescência, mas raramente podem ocorrer até em crianças.

Cáseos Amigdalianos - bolinhas fedidas na garganta

Se você quiser diminuir ou evitar a formação dessas bolinhas fedidas na garganta, existem duas opções conservadoras para controlar a formação de cáseos amigdalianos, e assim evitar a cirurgia das amígdalas. A primeira opção é o uso do Kit de produtos Halitus.

Foram feitas pesquisas com os 3 produtos do Kit Halitus, que atestam sua eficácia. Clique nas palavras em azul  seguir para conhecer essas pesquisas. Dois dos produtos do Kit Halitus são para a limpeza da língua e o terceiro produto é um enxaguatório que controla a formação dos cáseos amigdalianos.

A segunda opção para controlar a formação de cáseos amigdalianos, que traz resultados ainda melhores, é fazer o tratamento em uma Clínica especializada, com profissionais qualificados. Além do uso do Kit de produtos Halitus, serão tratadas as causas da formação dos cáseos amigdalianos, pois existem pacientes que tem potencial para formação dessas bolinhas fedidas amareladas na garganta, mas que não as desenvolvem. Ou seja, existem fatores que contribuem para a formação dos cáseos amigdalianos como a boca seca e a descamação excessiva de células da mucosa bucal, entre outras.

O tratamento conservador para os cáseos amigdalianos deve sempre ser tentado antes de pensar na cirurgia das amígdalas. É possível controlar a formação dessas bolinhas na garganta, e o índice de sucesso costuma ser bem satisfatório. Entretanto, caso essas 2 soluções não sejam suficientes para evitar ou reduzir significativamente a formação dos cáseos amigdalianos, o que ocorre em uma pequena porcentagem dos casos, a cirurgia será uma opção, uma vez que o tratamento conservador já foi tentado.

Se você ainda não viu o vídeo abaixo, assista agora e saiba como combater os cáseos amigdalianos:

Compartilhe

Comentários

Deixe seu comentário abaixo.